Sobre os Porquinhos

Apesar do seu nome, a origem desta espécie está na América do Sul, onde um parente selvagem do nosso porquinho doméstico, pode ser ainda hoje encontrado, nas regiões do Noroeste e Sudeste deste continente, tendo sido domesticados pelos Incas, muito antes dos primeiros europeus terem por lá aportado. Reconhecidos como animais sagrados, eram usados em cerimoniais.

Como animal de estimação, o Porquinho da Índia tem vindo a ser promovido, nos últimos anos, a um patamar muito interessante. Introduzido na Europa pelos Espanhois no século XVI, os porquinhos rapidamente se popularizaram e começaram a ser criados em vários países europeus no século XVIII, tendo grande popularidade no Norte da Europa.. 

Nos primórdios do século XIX foram organizadas as primeiras Exposições de raça em Inglaterra, julgadas por um Estalão de Raças. Foi neste século que apareceram os primeiros Abissínios, segunda raça a ser desenvolvida e reconhecida após os porquinhos de Pêlo Curto. Com a chegada do século XX, foram começando a surgir as primeiras "breeds" relativas a cores, como os Chocolate Self nos anos 30 e foi nesta altura que se standardizou o Peruano, terceira raça reconhecida, desenvolvida a partir de porquinhos Angorás. A partir dos Peruanos foram seleccionados Porquinhos sem rosetas e criaram-se os primeiros Shelties, tendo surgido os primeiros Coroados Americanos nos Anos 70 nos Estados Unidos. Com a exportação destes para Inglaterra, os ingleses criaram o Coroado Inglês a partir do Americano, surgindo pouco a pouco as outras raças, como os Rex e Teddies, e muito mais recentemente os Lunkarya.

 

Hoje em dia existem muitos criadores e fãs de porquinhos por todo o mundo. 

Em Portugal, ainda há poucos anos, os Porquinhos da Índia eram considerados apenas como petisco culinário em algumas regiões do país, mas o interesse por eles como animal de companhia está a crescer rápidamente, existindo já alguns criadores portugueses que fazem criação das mais diferentes raças e que têm interesse em mostrá-las. 

O carácter carinhoso e o seu ar de mascote, levou a que fosse cada vez mais acarinhado e faz dele um caso de 
sucesso como animal de companhia. 

Fonte : http://capi-portugal.com/

 

Consulte as várias raças de Porquinhos da India reconhecidas em Portugal no seguinte link:

http://capi-portugal.com/racas.htm